Marquezelli apresenta proposta para reduzir custos trabalhistas

PTB Notícias 16/04/2007, 10:58


O presidente da Comissão de Trabalho da Câmara dos Deputados, Nelson Marquezelli (PTB-SP), entregou ao ministro do Trabalho, Carlos Lupi, um esboço de proposta que cria um sistema optativo, em que os trabalhadores receberiam pagamento por tarefa executada, ganhando o salário bruto, sem descontos de qualquer espécie (como o previdenciário), por meio de cartão magnético.

Porém, a proposta não extinguiria o atual regime de trabalho feito pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), uma vez que o modelo alternativo funcionaria como optativo.

A proposta é o primeiro passo de uma discussão entreo o Congresso e Governo Federal sobre um modelo alternativo de relações de trabalho que permita redução dos custos trabalhistas e crie perspectivas de ampliação de empregos no País.

“Na conversa que tivemos, o ministro foi receptivo a discutir o assunto.

Porque já que existe essa resistência geral a mexer com a CLT, inclusive do próprio ministro.

A idéia é apresentar um modelo alternativo de caráter optativo”, afirma Marquezelli.

E completou: “O modelo atual das relações trabalhistas é obsoleto, ultrapassado e não ajuda em nada na geração de empregos”Agência Trabalhista de Notícias (com informações do Paraná Online)