Marquezelli assume comissão que analisa mudanças na Lei dos Motoristas

PTB Notícias 1/04/2013, 18:12


Em discurso no plenário da Câmara na quarta-feira (27/3/2013), o deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP) comunicou que assumiu a presidência da Comissão Especial que irá propor modificações à Lei dos Motoristas.

O petebista informou que, “num espaço de 30 dias, encontraremos soluções para a categoria”.

De acordo com Marquezelli, um dos pontos de consenso entre os parlamentares é a flexibilização da parada dos caminhoneiros e uma modificação para que os exames toxicológicos sejam obrigatórios para todos os motoristas de seis em seis meses.

“Precisamos estar atentos aos acontecimentos atuais que envolvem os setores de transportes, principalmente o transporte de cargas, pelo verdadeiro caos instalado no escoamento de nossa safra de soja, que já trouxe quebras de contratos com tradings chinesas, causando prejuízos ao país, ao agronegócio e ao produtor rural brasileiro”, ressaltou.

Segundo o deputado, o comércio exterior vive basicamente da credibilidade dos contratos e o atraso na entrega da soja brasileira “é reflexo do gargalo de nossa infraestrutura exportadora”.

“Aproveito para fazer uma constatação da falta de mão de obra qualificada para os nossos caminhoneiros: já são cerca de 100 mil postos de trabalho, ou seja, 13% da frota das empresas estão sem motoristas.

“Nelson Marquezelli destacou que com as alterações propostas na Lei n° 12.

619, os desafios para a contratação de motorista acabaram trazendo uma grande dificuldade para as transportadoras de carga, sendo necessário um treinamento de no mínimo 40 dias para habilitar um novo caminhoneiro no país.

“Estaremos diuturnamente lutando para melhoria da qualidade dos serviços oferecidos aos nossos exportadores, sem a quebra de qualidade e profissionalismo de nossos caminhoneiros”, garantiu.

Agência Trabalhista de Notícias (NM)Foto: Reinaldo Ferrigno/Agência Câmara Notícias