Marquezelli destaca regulamentação da venda de genéricos veterinários

PTB Notícias 5/07/2012, 13:18


O deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP) comemorou nesta quarta-feira (4/7/2012) em discurso no plenário da Câmara a aprovação do projeto de lei que regulamenta a fabricação e comercialização dos remédios genéricos veterinários no país.

Segundo o parlamentar, a proposta estava em tramitação há nove anos.

Marquezelli lembrou que a matéria foi apresentada pelo atual senador Benedito de Lira (PP-AL), que contou com a colaboração da equipe técnica do PTB, partido a que estava filiado na apresentação da propositura.

“Considero a criação dos genéricos veterinários a matéria mais importante aprovada pelo Congresso Nacional nesse semestre, principalmente pelo alcance econômico, financeiro e de geração de empregos para a população brasileira”, afirmou.

“Ao fazermos um paralelo com o genérico humano, constatamos que o índice de nacionalização dos genéricos veterinários deverá alcançar um patamar de 70% nos primeiros anos de sua fabricação, tal qual aconteceu com os remédios genéricos humanos.

“De acordo com Marquezelli, o uso do remédio genérico veterinário possibilitará a redução, de no mínimo, 35% do preço do remédio de equivalência, diminuindo custos para o produtor rural e, em consequência, diz o deputado, reduzirá os preços finais para o consumidor das carnes suínas e bovinas.

“O percentual poderá chegar a 20% nos açougues e supermercados”, disse.

O parlamentar petebista ressaltou que outro ponto importante na matéria é a que estabelece a preferência das compras governamentais para esses medicamentos, incentivando a criação de fábricas dos remédios genéricos veterinários.

Nelson Marquezelli disse que a propositura muda substancialmente os preços dos medicamentos agropecuários no país, beneficiando a sociedade brasileira, abrindo espaço para uma concorrência saudável para o agricultor e o agronegócio.

“A iniciativa, certamente, contribuirá para proporcionar melhor competitividade em setor cartelizado e dominado por poucas empresas”, afirmou.

O deputado apelou à presidente Dilma Rousseff para que não aguarde o prazo constitucional para sancionar a lei do genérico veterinário e que, frisou Marquezelli, possamos dar, no Palácio do Planalto, um destaque merecedor para esse grande avanço para a agricultura brasileira.

“Parabéns ao parlamento brasileiro pela sensibilidade legislativa em criar o genérico veterinário”, elogiou.

Agência Trabalhista de Notícias, por Felipe Menezes