Marquezelli presidirá comissão que irá propor jornada dos caminhoneiros

PTB Notícias 17/03/2013, 12:45


Aprovada no ano passado, a Lei dos Caminhoneiros (12.

619/12), que levou vários motoristas a realizar greves em todo o País, volta à Câmara para sofrer alterações.

Comissão Especial criada nesta quarta-feira promete apresentar em 30 dias um conjunto de propostas para modificar a lei federal que obriga caminhoneiros a descansar 11 horas entre uma jornada e outra de trabalho.

A lei também exige um intervalo de 30 minutos a cada quatro horas ao volante.

A comissão elegeu para presidente o ex-caminhoneiro e deputado federal, Nelson Marquezelli (PTB-SP).

Em seu discurso de posse, Marquezelli destacou a importância econômica desse profissional para as exportações e para o abastecimento interno.

Marquezelli já marcou a próxima reunião da comissão especial para a quarta-feira (20/03/2013), às 14h30, para definir o cronograma de trabalho.

O colegiado será formado por 27 titulares e 27 suplentes.

Agência Trabalhista de Notícias (ELM), com informações da Agência Câmara