Marquezelli ressalta necessidade de mudar atual modelo de gestão portuária

PTB Notícias 15/02/2008, 9:46


O deputado federal Nelson Marquezelli (PTB-SP) ressaltou, no Plenário da Câmara, a necessidade de se mudar o atual modelo de gestão portuária.

Segundo ele, nos últimos anos foram conquistados diversos avanços, como a criação da Secretaria Nacional de Portos, do Projeto PAC, que irá transformar as condições básicas para esse desenvolvimento, e a abertura do fórum permanente de discussão com a sociedade organizada do setor portuário, ferroviário e aquaviário.

“Mas precisamos muito mais, e estamos dispostos a avançar, com a definição de marcos regulatórios claros e estabilidade jurídica para quem investir no nosso país, mas para isso acontecer, precisamos mudar o atual modelo de gestão, com aplicação de regras claras na gestão portuária”, disse o deputado petebista.

“Outro ponto importante é a alocação de mais recursos públicos para a infra-estrutura portuária, onde temos que priorizar o escoamento de nossos produtos até o porto, através de ferrovias e hidrovias, reduzindo a carga alta de utilização de nossas rodovias para esse fim, o que proporcionará uma multimodalidade”, complementou.

Nelson Marquezelli lembrou que apresentou uma proposta de Fiscalização na Câmara dos Deputados para que se verifique o grau de comprometimento das dividas das Companhias Docas de todos o país, e disse que espera que o Tribunal de Contas da União faça uma apuração dos débitos trabalhistas dessas empresas.

“Precisamos urgentemente criar varas e câmaras especializadas para tratar das matérias regulatórias, visando à agilização do trabalho judiciário, evitando-se assim, chicanas jurídicas que trazem prejuízos incalculáveis ao país.

Temos que valorizar o nosso empresariado, que tem se esforçado para aprimorar os nossos portos, investindo bilhões de reais, sendo a grande mola propulsora para o aumento de nossas exportações.

Ainda estamos começando, graças a esse Governo que têm preocupações na geração de empregos e melhoria na qualidade de vida de nossa população.

Mas temos muito ainda por fazer, e o nosso Grupo de Trabalho Competitividade estará colaborando com esses avanços”, concluiu o parlamentar do PTB.

Agência Trabalhista de Notícias