Matozinhos propõe banco de empregos para mulheres vítimas de violência

PTB Notícias 10/02/2014, 18:09


Em atenção à mulher, tramita na Câmara Municipal de Belo Horizonte o (http://cmbhsilinternet.

cmbh.

mg.

gov.

br:8080/silinternet/consultaProposicoes/detalheProposicao.

do?idDocumentoVinculadoPrincipal=2c907f763f1033a0013f3a4b1af72a11&metodo=downloadDocAnexado” target=”_blank) projeto de lei 391/13, da vereadora Elaine Matozinhos (PTB-MG), que dispõe sobre a criação do Banco de Empregos para a Mulher Vítima de Violência Doméstica de Belo Horizonte, como forma de oferecer à vítima possibilidades de independência financeira do agressor.

Para utilização do banco, a mulher deverá apresentar cópias do boletim de ocorrência (Reds), expedido pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Belo Horizonte, e do exame de corpo de delito.

Segunda a autora, são várias, hoje, as ações desenvolvidas no intuito de reduzir e erradicar essa forma de agressão, que recai sobre a mulher e, consequentemente, sobre seus filhos.

A vereadora destaca a dependência financeira como um dos principais fatores de retorno das mulheres ao convívio de seus agressores, por não terem condições de sustentar seus filhos.

A partir dessa análise, “percebe-se a necessidade de implantar medidas que livrem a mulher vítima de violência do poder de seu abusador, incluindo aí o poder econômico”, afirma Elaine.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Câmara Municipal de Belo HorizonteFoto: J.

R Neto