Maurício aposta em fortalecimento da indústria para reaquecer economia

Agência Trabalhista de Notícias 23/03/2020, 8:37


Imagem Crédito: João Ricardo/Liderança do PTB na Câmara

Com o avanço do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil e no mundo, a indústria nacional deverá ter maior retração no crescimento do que a inicialmente prevista. Para o deputado Maurício Dziedricki (PTB-RS), esse é o momento de dar uma resposta à crise com a valorização da indústria, da produção e do consumo dentro do próprio País.

Na visão do parlamentar, esse cenário de retração também é um reflexo da desaceleração mundial da economia, portando, não é uma surpresa. Por isso, o foco, segundo ele, deve ser as alternativas para reaquecer a indústria brasileira. Ele cita mecanismos de enfrentamento como a desburocratização, a legalização e a regulamentação das empresas.

“Tenho a esperança de que possamos construir isso não só para a indústria de grande porte, mas, sobretudo, para a indústria de médio ou pequeno porte – aquela que está iniciando suas atividades. Elas precisam, realmente, de apoio”, afirma.

Mundo

Dziedricki também cita exemplos da retração industrial em outros países. Esse movimento está ocorrendo nas indústrias chinesa, norte-americana e europeia.

Já na América Latina, de acordo com projeção do Credit Suisse, em 2020, o Produto Interno Bruto (PIB), que mede as riquezas de um País, pode sofrer retração de 1,5% em toda região, devido aos esforços de distanciamento social para contenção do coronavírus.

Fiscalização

O deputado ainda reforça que os investimentos na indústria nacional devem ser feitos com segurança, controle e rigidez.

“Além disso, é preciso haver a desburocratização do Estado Brasileiro, para garantir que as empresas não fiquem desassistida pelo governo, a fim de que possamos manter um nível de investimento e de resultado melhor no próximo período”, pondera.

Ele lembra que o caminho para a melhora da economia brasileira teve início com a promulgação, em 2019, da Lei da Liberdade Econômica (Lei 13.874).

Com informações da assessoria da Liderança do PTB na Câmara dos Deputados