Mauro Carlesse fala sobre condições para instalação de indústrias no TO

PTB Notícias 15/06/2015, 8:40


Foi ao ar na segunda-feira passada (8/6/2015) a primeira entrevista do deputado estadual Mauro Carlesse (PTB-TO) para a TV Assembleia.

Ao programa Perfil, Carlesse falou de sua trajetória até o Parlamento e expôs as primeiras impressões da vida pública que inicia.

Em declaração sobre o setor industrial, umas de suas principais áreas de atuação, o trabalhista foi enfático: “Não temos o básico.

Não temos energia elétrica suficiente para as empresas.

Como uma indústria pode vir ao Tocantins, se aqui ela não pode ligar suas máquinas?”, questionou.

Ainda sobre as dificuldades das quais os investidores se queixam, o deputado comentou a falta de boa logística.

“Temos duas BRs e uma ferrovia.

Isso já contribuiria muito para o desenvolvimento.

Mas o que acontece é que nossas estradas não têm boas condições e nossas plataformas estão paradas.

” O pátio multimodal de Gurupi mais uma vez foi citado.

“Por isso critico projetos que não ganham continuidade.

Quando o gestor apenas começa uma obra, ele gera um prejuízo imenso.

É o que acontece em Gurupi com a paralisação das obras do pátio multimodal.

A cidade deixa de gerar mais de três mil empregos”, enfatizou.

Mauro Carlesse também citou as audiências em que cobrou a retomada da licitação para instalação de empresas no pátio: o encontro que teve com o presidente da Valec, Bento José de Lima, a reunião com o ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues, e ainda uma visita ao governador Marcelo Miranda (PMDB) para pedir apoio à causa.

OposiçãoO petebista contrariou as especulações sobre seu relacionamento com o governo e disse não fazer “oposição pela oposição”.

“Não fui eleito para bater em governador e deputado.

Fui eleito para fazer a mudança.

Não me posiciono contra ou a favor de uma gestão, me posiciono pelo povo”, explicou.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria do deputado Mauro Carlesse (PTB-TO)Foto: Divulgação