Menos impostos para motoristas de transporte escolar, diz Gim Argello

PTB Notícias 24/10/2011, 16:36


Os motoristas de transporte escolar pagarão menos impostos na hora de adquirir ou trocar de veículo.

Foi o que disse o senador Gim Argello, do PTB do Distrito Federal, na última sexta-feira (21/10/2011), durante café da manhã com representantes da categoria em seu gabinete no Senado.

Por meio de duas emendas, Gim conseguiu incluir em uma medida que está prestes a ser aprovada: a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para motoristas de transporte escolar.

Para o senador, o benefício, que já era garantido a pessoas portadoras de deficiência física e que ele próprio conseguiu estender aos taxistas, “precisa ser ampliado e abarcar todas as categorias que executam atividades importantes para a população, como é o caso do transporte escolar”.

“O transporte escolar tem que ser respeitado.

Esses homens e essas mulheres não estão carregando qualquer coisa.

Eles estão transportando o futuro do nosso país, que são as nossas crianças.

Eles transportam o que cada família tem de mais valor”, disse o petebista.

Linha de crédito O presidente do Sindicato do Transporte Escolar do Distrito Federal (SINTRES/DF), Albenir Nogueira, lembrou que o apoio do senador não vem de hoje.

No mês passado, Gim Argello conseguiu marcar uma reunião entre os dirigentes da categoria e o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, para negociar uma linha de financiamento especial para renovação das frotas de todo o país.

“Sem o Gim, a gente não teria conseguido chegar sequer ao assessor do presidente do BNDES.

Mas com o vice-líder do governo do nosso lado, o mesmo homem que tinha acabado de atender um ministro nos recebeu para tentar achar uma solução para a renovação das frotas antigas”, conta Albenir.

Ângela Aparecida da Mota Nascimento, ou Tia Ângela, como é conhecida pelos meninos que transportou durante tantos anos, é tesoureira do sindicato e participou da reunião no BNDES.

Para ela, “é muito ver que esses benefícios vão chegar a todo mundo que trabalha com transporte público no país”.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações do site do senador Gim Argello (PTB-DF)Foto: Ariel Costa/Site do senador Gim Argello (PTB-DF)