Mesa Diretora do Senado Federal arquiva representação contra Gim

PTB Notícias 21/08/2007, 17:36


A Mesa Diretora do Senado Federal decidiu nesta terça-feira, 21/8, arquivar a representação do PSOL contra o senador Gim Argello, do PTB do Distrito Federal, em função de a suposta quebra de decoro alegada pelo PSOL ter ocorrido antes de Gim assumir o mandato de senador.

A informação foi dada nesta tarde pelo 2º vice-presidente do Senado, senador Alvaro Dias (PSDB-PR) logo após o encerramento da reunião da Mesa ocorrida nesta tarde.

O PSOL solicitava apuração da suposta participação de Gim Argello nos crimes investigados dentro da Operação Aquarela, por meio da qual a Polícia Civil do Distrito Federal e o Ministério Público Federal apuram o desvio de recursos do Banco de Brasília (BRB).

Antes do início da reunião, o senador Gim Argello, que é o presidente do Diretório do PTB no DF, afirmou que estava absolutamente tranqüilo em relação ao processo, pois confiava na justiça da Mesa do Senado.

A assessoria do senador afirmou que Gim Argello nunca foi notificado ou citado em processos de investigação judicial e, caso haja alguma investigação sobre ele, desconhece esse fato.

Segundo a assessoria, as denúncias ocorrem no terreno da especulação.

fonte: Agência Senado