Monteiro analisa o atual momento da economia brasileira e a queda do PIB

PTB Notícias 16/03/2012, 16:45


Em entrevista à Rádio PTB sobre “uma avaliação que pode ser feita da economia do país nesse momento”, o senador Armando Monteiro (PTB-PE) disse que o Brasil precisa responder a situação internacional, que, de acordo ele, tem sido caracterizada por “uma grande expansão, excesso de recursos e de liquidez que vem resultando no grande afluxo de capital para países que tem taxa de juros alta”.

“Isso significa que nós agravamos o problema do câmbio, da valorização cambial.

Só há uma maneira de conter esse processo, que é reduzir a diferença entre os juros do Brasil e os que são praticados lá fora.

Eu acho que foi uma decisão correta do Banco Central.

Espero que esse ciclo de redução da taxa de juros não se encerre agora”, disse.

Sobre a queda do Produto Interno Bruto (PIB), o senador petebista afirmou que esse episódio não surpreendeu os que acompanhavam o desempenho da economia brasileira no último semestre do ano passado.

De acordo com Monteiro, “a atividade econômica dava vários sinais de desaceleração”.

Ele disse que o desempenho da indústria foi “grandemente responsável por esta frustração”.

“A indústria brasileira teve um ano muito difícil, especialmente a indústria de transformação que praticamente não cresceu, ficou estagnada.

Tudo em decorrência da fortíssima penetração de produtos importados que vem ocupando um espaço crescente no mercado nacional.

Isso serve de alerta para que o Brasil tome medidas, sobretudo de estímulo à atividade industrial para que retomemos o nível de crescimento compatível com a necessidade do País”, disse.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Rádio PTB e da Liderança do PTB na Câmara