Morre Eliseu Santos, Secretário da Saúde de Porto Alegre

PTB Notícias 28/02/2010, 12:31


O ex-vice-prefeito e atual secretário da Saúde de Porto Alegre, o petebista Eliseu Santos, 63 anos, foi morto na noite da última sexta-feira (26/2) logo depois de deixar um culto no bairro Floresta, em Porto Alegre.

Eliseu foi morto quando se preparava para entrar em seu carro, um Corolla, por volta das 21h20, na Rua Hoffmann.

Acompanhado da mulher, Denise Goulart Silva, e da filha Mariana, ele estava no culto na Assembleia de Deus localizada na Rua General Neto, iniciado aproximadamente às 20 horas.

Depois de terminada a cerimônia religiosa, por volta das 21 horas, Eliseu permaneceu ainda por cerca de 20 minutos na frente do prédio, conversando com amigos.

Ele teria inclusive comido um pastel no local, que frequentava desde sua infância.

O casal e a filha se despediram dos amigos e saíram em direção ao carro estacionado na Hoffmann.

Neste momento, conforme testemunhas, um Vectra saiu da Avenida Cristóvão Colombo e subiu a Hoffmann em direção à Rua General Neto.

A mulher e a filha já teriam entrado no carro, e Eliseu ainda permanecia do lado de fora, na porta do motorista, se preparando para entrar, quando foi surpreendido pelos criminosos.

Ele teria reagido com uma arma, uma pistola calibre .

380.

A arma não foi levada pelos bandidos e ficou caída perto do corpo.

Carros estacionados no local foram perfurados, inclusive o Corolla da vítima.

A perícia encontrou pelo menos sete cápsulas de pistola, deflagradas, próximo ao corpo, e teriam saído da arma de Eliseu.

Os peritos identificaram marcas de tiros no tórax e na cabeça do secretário.

Seriam pelo menos quatro disparos que o atingiram.

Biografia Médico ortopedista e traumatologista graduado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em 1973, Eliseu estava comprometido com a causa da saúde.

Por muito tempo dividia suas atividades parlamentares com consultas e cirurgias, seja no Hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre, ou em uma clínica próxima ao hospital, atendendo pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Religioso, o parlamentar dedicava o pouco tempo livre à leitura da Bíblia, que estava sempre ao alcance da mão.

Porto-alegrense nascido na Zona Norte, perto do Viaduto Obirici, em 8 de dezembro de 1946, Eliseu teve uma infância humilde.

Filho de um guarda noturno, começou a trabalhar cedo, aos 13 anos, como office-boy.

Seus pais, evangélicos, desde jovem o incentivaram a participar das atividades religiosas.

Antes de se formar, ajudava em orfanatos e asilos mantidos pela comunidade evangélica.

Torcedor do Internacional, o ex-vice-prefeito gostava também de música — principalmente instrumentos de sopro, como o saxofone.

Ao lado do prefeito Fogaça, Eliseu foi importante na construção de uma base de partidos aliados sólida a partir de sua sigla, o PTB.

fonte: site do PTB – RS