Movimento Jovem do PTB de Porto Alegre comemora 10 anos

PTB Notícias 18/09/2007, 9:29


A construção de uma história de 10 anos, marcada por mobilização e pelo comprometimento, bem como o momento de renovação vivido pelo Movimento da Juventude Trabalhista de Porto Alegre (MJT/POA), foram lembrados num evento de confraternização neste sábado (15/09).

Mais de 100 pessoas passaram pelo piquete Getúlio Vargas (lote 212), instalado no Acampamento Farroupilha do Parque Harmonia.

Para o presidente do Diretório Metropolitano do PTB da Capital gaúcha, José Carlos Brack, a capacidade de crescimento e a organização dos jovens da sigla são os principais pontos a serem comemorados.

“É fundamental esse poder de mobilização que a juventude petebista da Capital possui, pois o sucesso das nossas ações depende da determinação de cada um de vocês”, disse Brack aos jovens que presentes.

Além do atual presidente do MJT/POA, Antônio Olimpio (Toninho), o evento contou com a presença das quatro lideranças que presidiram o movimento desde a sua fundação em 09 de setembro de 1997: Cássio Trogildo, Everton Braz, Maurício Dziedricki e Nilo Peixoto, sucessivamente.

Toninho, que está à frente da juventude porto-alegrense desde 2005, abriu o debate falando da atualidade.

“Trabalhamos, hoje, voltados para garantir a mobilização e a união que sempre tivemos, mas focados na renovação constante.

Valorizando as novas lideranças, atuamos em conjunto com o PTB para nos aproximarmos cada vez mais da comunidade”, ressaltou.

Assessor do PTB gaúcho, Nilo Peixoto, que foi presidente do MJT/POA de 2003 a 2005, destacou a importância de falar sobre toda a trajetória aos novos militantes.

Ele contou que, na sua gestão, o objetivo era a conquista de espaços.

“Estávamos mobilizados para eleger o primeiro vereador de juventude na Capital, além do projeto majoritário, que era eleger o prefeito Fogaça.

E quando o MJT abraça uma missão, a nossa vontade e comprometimento garantem o sucesso”, destacou Nilo.

Maurício Dziedricki presidiu o MJT/POA de 2001 a 2003, quando se afastou da presidência para concorrer ao legislativo municipal.

Eleito como vereador, está licenciado, exercendo a titularidade da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov).

Ele se disse satisfeito, pois faz parte de uma geração de jovens qualificados, que cada vez mais desempenham funções importantes junto às administrações do PTB.

“Parabéns pela renovação e pela qualidade do público aqui presente.

Todos são responsáveis não só pelo futuro do PTB, mas da nossa sociedade como um todo”, frisou Dziedricki.

“A juventude sempre foi o pulso forte do partido e continua com todo o gás.

Está renovada e muito bem organizada.

Fomos responsáveis por marcar o território e o trabalho vem sendo contínuo e movido por muita coragem e determinação”.

Essa foi a definição de Everton Braz, diretor de Relações Institucionais do Instituto Solon Tavares (IST) e quem esteve à frente do Movimento de 1999 a 2001.

Secretário-geral do PTB na Capital gaúcha e secretário adjunto da Smov, Cássio Trogildo, responsável por iniciar essa história, contou sobre o momento político pelo qual passou a construção do MJT/POA, além de incentivar e parabenizar pela continuidade do movimento.

“Na época que iniciamos esse trabalho, fomos ousados e todos que estão aqui continuam sendo.

Tivemos a coragem de começar e vocês, através da iniciativa de se somarem a esse trabalho, têm o compromisso de fazer esse movimento crescer e se fortalecer cada vez mais”, destacou Cássio.

No dia de homenagem ao MJT/POA, passaram também pelo Piquete o senador Sérgio Zambiasi, o deputado estadual Cassiá Carpes, o vice-prefeito de Porto Alegre Eliseu Santos, o presidente estadual do PTB/RS, vereador Elói Guimarães, os vereadores da Capital gaúcha Dr.

Humberto Goulart e Alceu Brasinha, o presidente do IST, Ivandre Medeiros, a presidente do PTB Mulher estadual, Tânia Reckziegel, e o presidente do PtchêB – braço tradicionalista do Partido -, Juvenal Ferreira, além de outras lideranças.

Agência Trabalhista de Notícias