Mozarildo apela por maior participação de todos no combate à corrupção

PTB Notícias 20/11/2013, 18:11


O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) fez um apelo, da tribuna do Senado, nesta quarta-feira (20/11/2013), para que todos participem do combate à corrupção, mal que provoca desvio e desperdício de dinheiro público e prejudica principalmente a parcela mais pobre da população, que depende dos serviços públicos.

Mozarildo, que é médico, comentou reportagem da revista do Conselho Federal de Medicina mostrando que a corrupção é como doença, atacando estruturas saudáveis e levando a uma degradação que afeta todas as esferas da vida do país, como a econômica, a política e a social.

O senador mencionou também estudo do professor Cláudio Ferraz, da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, que revela que mais da metade dos casos de corrupção e desvio de dinheiro público ocorrem nas áreas de educação e saúde.

Depois vêm saneamento e recursos destinados à agricultura.

“Nós temos que realmente fazer uma vigilância permanente e não tolerar corrupção nenhuma.

E peço, inclusive, aos eleitores, ao povo em geral, que tomando conhecimento de corrupção que denuncie, mesmo que pelas vias anônimas, para o Ministério Público, para o Tribunal de Contas da União, para a CGU [Corregedoria-Geral da União] e para o Congresso Nacional”, disse.

Mozarildo também ressaltou declaração do novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Marco Aurélio Mello, criticando quem aposta na impunidade.

Para o ministro, o país não precisa de mais leis, mas, sim, que as leis sejam respeitadas.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Lia de Paula/Agência Senado