Mozarildo Cavalcanti cobra instalação de CPI das ONGs no Senado

PTB Notícias 20/06/2007, 8:08


O senador Mozarildo Cavalcanti, do PTB de Roraima, ez um apelo pela instalação da comissão parlamentar de inquérito (CPI) criada para investigar a atuação de organizações não-governamentais (ONGs) no país.

Ao abordar o assunto, o parlamentar citou quatro reportagens recentes sobre ações suspeitas ou desvios de verbas públicas atribuídas a esses organismos.

Enquanto a CPI não começa a funcionar, Mozarildo – que presidiu uma CPI com o mesmo objetivo, por ele solicitada, em 2002 – apelou à Polícia Federal, ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas da União (TCU) para que continuem a investigar e a punir as ONGs envolvidas com atividades irregulares.

Uma das matérias lidas em Plenário, nesta terça-feira (19), foi publicada pela Folha de Boa Vista e denuncia a atuação da ONG inglesa Cool Earth, que já teria recebido mais de 20 mil doações de recursos pela Internet para a compra de terras na Amazônia, destinadas à criação de novas reservas florestais.

Mozarildo não sabe se a denúncia é ou não verdadeira, mas considera importante que o país esteja alerta.

Outra reportagem destacada foi publicada pela Tribuna da Imprensa e enfocou o aumento de 1.

180% no número de ONGs funcionando no país entre 2002 e 2006.

Em valores absolutos, essas entidades saltaram de 22 mil para 260 mil em apenas quatro anos.

As duas últimas reportagens citadas relacionavam-se a uma ONG que teria desviado R$ 50 milhões com golpes corporativos e outra que teria sacado R$ 5,6 milhões em apenas 45 dias.

Em aparte, o senador Mão Santa (PMDB-PI) considerou estranho o Senado ainda não ter instalado a CPI das ONGs, enquanto o senador Heráclito Fortes (DEM-PI), autor do requerimento da CPI, defendeu sua instalação apenas em agosto.

fonte: Agência Senado