Mozarildo Cavalcanti comemora Dia Nacional da Defensoria Pública

PTB Notícias 20/05/2009, 7:45


O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) subiu à tribuna nesta terça-feira (19/5) para homenagear os defensores públicos do país e, especialmente, os de seu estado.

Ele declarou que esses profissionais “são peças indispensáveis e inestimáveis do sistema jurídico nacional, pois defendem aqueles que não têm condições de pagar por um advogado”.

O Dia Nacional da Defensoria Pública, comemorado no dia 19 de maio, foi instituído pela Lei 10.

448, de 9 de maio de 2002.

– É preciso ter quem defenda os pobres – disse o parlamentar.

Para Mozarildo, os defensores públicos “fazem valer aquela imagem em que a Justiça aparece de olhos vendados, sem olhar para quem é rico ou pobre, ou seja, a idéia de que a Justiça é igual para todos”.

– Respeito todos os advogados, mas dou mais valor àqueles que abraçam a defensoria para assistir os que não têm como pagar – disse ele, acrescentando que, sem atividades como essa, “torna-se realidade a percepção de que só vai para a cadeia quem é pobre”.

Os senadores Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), Augusto Botelho (PT-RR) e Cícero Lucena (PSDB-PB) também se manifestaram, durante o pronunciamento de Mozarildo, para homenagear os defensores públicos.

Roraima Mozarildo lembrou que a Defensoria Pública de Roraima foi criada no dia 19 de maio de 2000.

Ele informou que há 37 defensores no estado, “o que pode parecer pouco em números absolutos, mas deve-se considerar que Roraima tem a menor população do país”.

– Embora a quantidade ainda seja insuficiente para todas as demandas, esses profissionais vêm prestando um serviço espetacular no estado – avaliou ele.

Ao concordar com Mozarildo, Augusto Botelho disse que, em recente estudo, a Defensoria Pública de Roraima foi considerada uma das melhores do Brasil.

fonte: Agência Senado