Mozarildo Cavalcanti comemora os 21 anos da criação de Roraima

PTB Notícias 9/10/2009, 11:21


O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) ocupou a tribuna, nesta quinta-feira (08/10), para comemorar os 21 anos da criação de seu estado.

Comentando o artigo “Constituição de 88 criou o estado de Roraima”, da jornalista Vanessa Lima, publicado pelo jornal Folha de Boa Vista, o senador recordou que a transformação do então território de Roraima em estado se deu por força de emenda sua, do ex-governador Ottomar Pinto, e de vários parlamentares apresentada na Constituinte.

Mozarildo destacou o fato de a transformação do território de Roraima em estado ter se dado por um ato parlamentar, dizendo que se os roraimenses fossem esperar que sua emancipação política se desse por ato do Executivo federal até hoje Roraima seria território.

O senador afirmou que a condição de território não possibilitava a satisfação integral dos interesses dos cidadãos roraimenses.

Segundo ele, a qualidade do governo local, que trazia de Brasília todo o secretariado, não era boa.

Mozarildo fez ressalvas, no entanto, à administração do governador nomeado Ottomar Pinto, que foi reeleito democraticamente por três vezes após a transformação do território em estado.

O nome do estado de Roraima origina-se das palavras “roro”, “rora” que significa “verde”, e “ima”, que quer dizer “serra, monte”, no idioma indígena ianomâmi, formando “serra verde” que reflete o tipo de paisagem natural encontrada na região.

O estado de Roraima engloba 15 municípios e ocupa uma área geográfica de 224.

298,98 quilômetros quadrados.

Metade de seu contorno territorial faz limite com fronteiras internacionais: Venezuela ao Norte, e Guiana, a Nordeste.

A população, segundo o Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2006 é de 406 mil habitantes, sendo 334 mil de áreas urbanas e 72 mil da zona rural.

Em apartes, os senadores Arthur Virgílio (PSDB-AM), Rosalba Ciarlini (DEM-RN), Fátima Cleide (PT-AC) e Augusto Botelho (PT-RR) congratularam-se com Mozarildo.

fonte: Agência Senado