Mozarildo Cavalcanti critica ex-governador de RR e pede voto consciente

PTB Notícias 30/04/2014, 17:26


O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) disse nesta quarta-feira (30/4/2014), em discurso no plenário, que os eleitores brasileiros e roraimenses precisam votar nas eleições de outubro de forma consciente.

Segundo o parlamentar, apesar de estar em vigor a Lei da Ficha Limpa (Lei 135/2010), que exige probidade administrativa e moralidade dos candidatos a cargos eletivos, alguns, como o ex-governador de Roraima José de Anchieta Júnior (PSDB), que deixou o cargo para concorrer ao Senado, conseguem se manter elegíveis por meio de “jogadas jurídicas de advogados”.

“Que todo o brasileiro se movimente para que tenhamos realmente eleições limpas e livres de qualquer tipo de corrupção”, disse Mozarildo.

Segundo o senador, Roraima passou a ser um estado deficitário, que gasta mais do que arrecada, durante a gestão Anchieta Júnior.

Diante do quadro, o parlamentar do PTB informou que já enviou pedidos de providências ao Tribunal de Contas da União (TCU), ao Ministério Público e a outros órgãos de fiscalização e controle.

“Em sete anos, ele pegou um Estado com saldo em caixa e deixou um governo altamente endividado.

Ele entrou no governo como empresário falido e construiu uma mansão”, denunciou.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Geraldo Magela/Agência Senado