Mozarildo Cavalcanti critica governador de Roraima por atraso de salários

PTB Notícias 2/12/2013, 17:56


Em discurso no plenário nesta segunda-feira (2/12/2013), o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) voltou a criticar o governador de Roraima, José de Anchieta (PSDB), ao afirmar que os médicos que recentemente tomaram posse nos cargos, após aprovação em concurso público, estão há 70 dias sem receber salários.

Mesmo com toda essa situação, o governador prometeu pagá-los apenas no dia 10 de dezembro, lamentou Mozarildo.

“É uma verdadeira afronta à saúde dos cidadãos, um desrespeito para com os funcionários que realmente [o governador] esteja agindo assim.

Aliás, vem agindo assim com várias categorias funcionais.

Funcionários da educação já entraram em greve.

Agora, foi a Fundação do Meio Ambiente do Estado de Roraima”, disse.

Conforme Mozarildo Cavalcanti, o estado tinha em caixa R$ 100 milhões quando José de Anchieta assumiu o governo.

Hoje, as dívidas alcançam R$ 500 milhões.

Mesmo respondendo a processo na Justiça Eleitoral após denúncia de compra de votos, até agora, a um ano do fim do mandato, nada foi decidido sobre a cassação do governador de Roraima, disse o senador.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Marcos Oliveira/Agência Senado