Mozarildo Cavalcanti denuncia ameaças à liberdade de imprensa

PTB Notícias 12/04/2010, 14:19


Em discurso na tribuna, o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB) lembrou o dia do jornalista, comemorado no último dia 07/04, e ressaltou a importância de uma imprensa livre.

O senador denunciou ameaças abertas à liberdade de imprensa no país.

Ao constatar que essas ameaças deixaram de ser sutis, o senador advertiu que o início de um regime de exceção, mesmo com governantes eleitos, coincide com cerceamento do direito de informar.

Mozarildo observou que o terceiro Programa Nacional de Direitos Humanos, lançado no fim do ano passado pelo governo federal, incluiu um controle formal da imprensa.

Depois de reconhecer o recuo do Executivo quanto a esse controle, ele afirmou que precisamos ficar de olho, porque a ameaça pode ressurgir a qualquer momento.

O senador lembrou que a existência de três Poderes independentes e harmônicos entre si é pré-requisito para a democracia.

Ele disse que o Executivo, por ter dinheiro e polícia, não pode se sobrepor ao Legislativo e ao Judiciário, nem colocar em risco a liberdade de imprensa.

Mozarildo criticou o governador de seu estado, Anchieta Júnior, por processar jornalistas sob alegação de que o profissional, ao criticar o governo dele, estaria fazendo propaganda negativa antecipada.

Para Mozarildo, a argumentação do governador visa amordaçar os jornalistas.

O senador lembrou que o Dia do Jornalista é comemorado no Brasil em 7 de abril em homenagem a João Batista Líbero Badaró, médico e jornalista brasileiro de origem italiana que morreu assassinado por inimigos políticos em 1830, durante uma passeata de estudantes em comemoração aos ideais libertários da Revolução Francesa.

*Fonte: Agência Trabalhista de Notícias com Informações do Site do Senador Mozarildo Cavalcanti