Mozarildo Cavalcanti pede que brasileiro tenha mais consciência política

PTB Notícias 31/10/2013, 17:54


O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) pediu, na quarta-feira (30/10/2013), mais consciência política por parte do brasileiro.

O senador disse que vê com tristeza muitas pessoas falarem que não gostam de política.

Segundo o senador, esse pensamento facilita a atuação de maus políticos.

“O político corrupto não se torna corrupto por ser eleito.

Ele já era corrupto antes”, afirmou o senador.

Ao discursar no plenário, Mozarildo disse que queria fazer uma “exortação” aos brasileiros que querem um Brasil melhor para que entrem na política.

Ele ainda pediu que todos os eleitores evitem o voto nulo.

“É um clamor que faço, às vésperas de um ano eleitoral.

Toda pessoa consciente deve se interessar pela política.

O presente e o futuro do país dependem disso”, disse.

O senador lembrou sua trajetória política, registrando que se sentia indignado com algumas coisas que considerava injustas.

Ele relatou que, depois de 14 anos como médico, decidiu entrar para a política.

Ele observou ainda que, já no seu primeiro mandato, conseguiu a instalação da Universidade Federal e da Escola Técnica de Roraima.

“Se não for pela política, a gente não muda as coisas”, declarou.

ConstituiçãoO senador também destacou a sessão de homenagem aos 25 anos da Constituição Federal, realizada na terça-feira (29), no plenário do Senado.

Mozarildo elogiou a atuação do então presidente José Sarney, que teve habilidade de abrir mão de um ano de mandato em nome do consenso da época.

“A Constituição provou que é uma constituição cidadã, porque priorizou os direitos fundamentais do cidadão e definiu claramente os deveres dos Três Poderes”, afirmou.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Waldemir Barreto/Agência Senado