Mozarildo Cavalcanti relata pressões sobre funcionalismo de Roraima

PTB Notícias 28/10/2014, 17:46


Ao lembrar a comemoração, nesta terça-feira (28/10/2014), do Dia do Servidor Público, o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) lamentou que esses trabalhadores continuem sendo tratados de “forma indigna” pelos governantes.

Mozarildo, que é professor universitário concursado, criticou o “baixo nível” das eleições em Roraima, onde funcionários teriam sofrido pressões para envolver-se na campanha ou teriam sido transferidos para locais distantes de suas zonas eleitorais.

“Todos eles, na verdade, sofreram nessas eleições lá em Roraima pressões de toda ordem para adesivar os carros com o adesivo do governador, para adesivar suas casas, colocar placas e até para não comparecer às urnas quando eles não tinham certeza do posicionamento desses funcionários”, lamentou.

Mozarildo destacou o aumento da repercussão nas redes sociais da perseguição a servidores e repudiou a atuação de funcionários como cabos eleitorais, lembrando que eles servem ao público, não aos governantes.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Geraldo Magela/Agência Senado