Mozarildo comenta julgamento do governador de RR e diz confiar na justiça

PTB Notícias 29/11/2011, 19:40


Em discurso no plenário, o senador Mozarildo Cavalcanti, do PTB de Roraima, comunicou que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decide nesta terça-feira (29/11/2011) se mantém ou não a cassação do governador José de Anchieta Júnior.

O governador foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Roraima e continua no cargo devido a uma liminar.

Mozarildo afirmou confiar na Justiça brasileira e disse esperar que a cassação seja confirmada.

Segundo o petebista, o governo de Anchieta Júnior vem cometendo irregularidades desde o primeiro mandato, iniciado em 2007, com o falecimento do então governador, Ottomar Pinto.

O parlamentar também afirma que o governador cometeu crimes eleitorais nas eleições de 2010 e, desde o início do segundo mandato, no começo deste ano, “montou no estado de Roraima um verdadeiro terrorismo contra aqueles que são contra ele”.

Mozarildo afirma já ter sofrido inclusive ameaças de morte em Roraima por denunciar as irregularidades do atual governo roraimense.

O senador registrou ainda que a Associação dos Magistrados de Roraima divulgou nota oficial repudiando as acusações de que o TRE de Roraima teria sido parcial ao decretar a cassação de Anchieta Júnior por irregularidades no último período eleitoral.

Mozarildo leu a nota na íntegra e disse apoiar a manifestação dos magistrados.

“Eu assino embaixo dessa nota, pois não é possível manipular, direta ou indiretamente, a opinião pública contra o Judiciário.

No caso, é só o que esse governador e seus seguidores têm feito.

Tenho feito aqui reiteradas denúncias contra ele, porque, na verdade, presenciei, acompanhei e vi fotos, filmes, provas a respeito da corrupção que ele praticou”, afirmou Mozarildo.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da agência SenadoFoto: Geraldo Magela/Agência Senado