Mozarildo defende construção de hidrelétrica para acabar com apagões em RR

PTB Notícias 22/05/2013, 16:41


O apagão que deixou oito municípios de Roraima sem energia por mias de uma hora na terça-feira (21/5/2013) levou o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) a defender em plenário, nesta quarta-feira (22), a aprovação de projeto de lei, de sua autoria, que autoriza o governo federal a construir uma nova hidrelétrica no estado.

O apagão em Roraima foi motivado por um desligamento do Linhão de Guri, que transmite a nove dos 15 municípios roraimenses Roraima energia fornecida pela Venezuela.

Mozarildo explicou que esse não foi o primeiro apagão na região – três ocorreram no último ano, sendo que, em abril, a população ficou mais de sete horas sem luz.

A falta de energia ocorre sempre que há problemas no Linhão do Guri, na Venezuela, única fonte de energia da maior parte do estado, inclusive da capital, Boa Vista.

O senador acrescentou que a Eletrobras já havia avisado aos roraimenses para que se preparassem para novos apagões.

A proposta de Mozarildo, que tramita na Câmara dos Deputados como o (http://www.

camara.

gov.

br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=339297) Projeto de Decreto Legislativo 2540/2006, é a construção da Hidrelétrica Cachoeira do Tamanduá, no Rio Cotingo.

Seu projeto, autorizativo, prevê estudos de impacto ambiental, consulta às comunidades indígenas nativas e pagamento de royalties a essas comunidades.

“Esta é a opção mais rápida e de menor impacto ambiental e pode ser feita desde que haja entendimento com a comunidade indígena.

Peço à Câmara dos Deputados que dê andamento à proposta e ao Ministério de Minas e Energia que conclua os estudos para que possamos ter esta hidrelétrica construída”, pediu.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Marcos Oliveira/Agência Senado