Mozarildo diz esperar que TSE casse o mandato do governador de Roraima

PTB Notícias 11/11/2011, 13:09


O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) disse em Plenário nesta sexta-feira (11/11/2011) esperar que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decida pela cassação do mandato do governador de Roraima, José de Anchieta Júnior.

O senador informou que o governador já havia sido cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), mas que recorreu com “manobras protelatórias” e se mantém no cargo desde 2007.

Os atos de corrupção do governador são evidentes, afirmou Mozarildo.

Como exemplo, o senador citou o fato de Anchieta Júnior determinar aumento de 45% para o seu salário e os dos secretários e 6% para os vencimentos dos servidores.

O senador também contou que a Polícia Federal apreendeu, no primeiro turno das eleições de 2010, R$ 4 milhões em todo o Brasil, dos quais, R$ 2 milhões foram apreendidos em Roraima, estado com menor número de eleitores.

Para ele, a corrupção está se tornando um problema sistêmico no Brasil e o seu combate depende de arranjos institucionais atuando em conjunto com a mídia independente e com o apoio da sociedade.

Mozarildo fez esses comentários ao relatar estudo desenvolvido pelo Instituto Ethos, intitulado “Sistemas de Integridade nos Estados Brasileiros”, em que se faz uma análise “da seriedade na administração dos estados” sob diversos aspectos.

– Na verdade, é preciso que cada cidadão entenda que o dinheiro que o governador está roubando, o dinheiro que o deputado ou o vereador ou o senador está roubando, não é de uma entidade abstrata não.

É o dinheiro que ele, cidadão, ela, cidadã, está pagando de imposto – ressaltou.

Mozarildo também lamentou a suspensão do julgamento sobre a constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa pelo Supremo Tribunal Federal (STF), na última quarta-feira (9).

O senador disse esperar que o Supremo decida para que a lei possa vigorar nas eleições de 2012.

fonte: Agência Senado