Mozarildo diz que IEF subirá com diminuição das desigualdades regionais

PTB Notícias 8/07/2011, 13:56


O senador Mozarildo Cavalcanti, do PTB de Roraima, disse, em pronunciamento nesta quinta-feira (07/07/2011), que o Índice de Expectativas das Famílias (IEF), publicado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) desde 2010, subirá com a diminuição das desigualdades regionais.

O índice, que atesta o sentimento da população com relação ao futuro, vem caindo nos últimos meses.

O parlamentar petebista afirmou que o ânimo das pessoas em relação ao porvir “costuma ser influenciado pelos rumos da economia e, mais particularmente, pelos investimentos governamentais que se traduzem em benefícios para a sociedade”.

Acrescentou que o Poder Executivo concentra as grandes decisões sobre a política macroeconômica e os investimentos públicos e pediu à presidenta Dilma Rousseff ações para “reduzir drasticamente as desigualdades regionais ainda observadas no país”.

A pesquisa, informou o representante roraimense, é feita em 3.

810 domicílios distribuídos por mais de 200 municípios.

Atesta a expectativa das famílias sobre cinco temas: a situação econômica nacional; a percepção sobre a condição financeira passada e futura; a expectativa das decisões de consumo; as expectativas sobre o endividamento e a condição de quitação de dívidas atrasadas; e a expectativa em relação ao mercado de trabalho, especialmente sobre a segurança na ocupação e o sentimento de melhora profissional futura.

Numa escala de zero a cem, a média brasileira ficou em 62,9 pontos, praticamente igual ao primeiro índice auferido, em agosto do ano passado: 62,8 pontos.

Para Mozarildo Cavalcanti, as famílias exibem um “otimismo moderado” em relação ao futuro.

O IEF vem caindo progressivamente desde janeiro de 2011, quando somou 67,2 pontos.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência Senado