Mozarildo elogia punição a planos de saúde que não cumprem prazos

PTB Notícias 12/07/2012, 11:23


O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), em discurso nesta quarta-feira (11/7/2012), elogiou a decisão da Agência Nacional de Saúde (ANS) de punir 37 operadoras de planos de saúde particulares que não têm cumprido prazos de atendimento de 268 planos.

Com a situação vergonhosa e escandalosa que os planos oferecem aos seus pagantes, já passava da hora de uma reação, avaliou.

Segundo o parlamentar, essa ação deveria se repetir em outros órgãos do governo, em especial a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que deveria fiscalizar as condições dos hospitais, ambulatórios e estabelecimentos e, mesmo vendo todo dia as denúncias contra as péssimas instalações, atendimento e condições de trabalho dos profissionais de saúde, como médicos e enfermeiros, não faz algo semelhante.

Para Mozarildo Cavalcanti, a ação da ANS de proibir a venda desses planos, foi um primeiro passo, mas algo maior deve ser feito para acabar com o grande mal que afeta a área de saúde: a corrupção.

Ela permite o desvio de recursos, a aquisição de remédios vencidos ou as falsas compras e a roubalheira generalizada que prejudica o paciente, por permanecer mais tempo internado ou até mesmo perder a vida, e para os profissionais da saúde, que ficam no meio do fogo cruzado, segundo avaliou.

“O que falta para a saúde ser boa é acabar com a corrupção e a má administração da maioria dos hospitais públicos e também dos privados, situação que agora começam a mudar com a atitude da ANS”, disse o petebista.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Waldemir Barreto/Agência Senado