Mozarildo: índios também são prejudicados com demarcação da Reserva

PTB Notícias 9/04/2009, 11:48


O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) voltou a criticar a demarcação contínua da Reserva Indígena Raposa Serra do Sol, determinada pelo governo federal e recentemente confirmada pelo Supremo Tribunal Federal.

Ele declarou, nesta quarta-feira (8/4), que “não são apenas os não-índios que estão sofrendo, mas também os próprios índios”.

Segundo o parlamentar, a retirada dos produtores rurais da terra indígena prejudica os índios que trabalhavam para eles.

Como exemplo, Mozarildo leu em Plenário uma matéria publicada nesta quarta pelo jornal Valor Econômico, intitulada “Conflito leva índios à periferia de Boa Vista”.

De acordo com o texto, “na periferia de Boa Vista, a agradável capital de Roraima, é possível comprovar um reflexo direto da arrastada disputa pelas terras na área indígena de Raposa Serra do Sol: a oito quilômetros do centro, acomodados entre os bairros de Nova Cidade e Brigadeiro, há centenas de famílias indígenas que deixaram a reserva por causa de incidentes derivados da briga pela posse da terra”.

O artigo conta a história de um índio macuxi que decidiu sair da terra indígena há dez anos.

De acordo com o jornal, ele “afirma ter se cansado das disputas e da pressão interna na comunidade do Contão, a 240 quilômetros de Boa Vista, para que abandonasse o trabalho com pecuaristas não-índios estabelecidos na região”.

O texto afirma ainda que esse é um dos vários casos da “diáspora” dos macuxi que deixaram a Raposa Serra do Sol.

Após ler a matéria na íntegra, Mozarildo ressaltou que “isso foi escrito por uma pessoa que não é de Roraima, por uma pessoa que escreve para um grande jornal como é o jornal Valor”.

– A maioria dos índios não quer essa diáspora, não quer essa separação, inclusive porque são miscigenados – disse Mozarildo.

fonte: Agência Senado