Mozarildo lamenta que Câmara não vote projetos de interesse do Norte

PTB Notícias 18/07/2014, 16:13


O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) reclamou na quinta-feira (17/7/2014) da demora da Câmara dos Deputados em votar projetos já aprovados pelo Senado Federal.

Ele citou alguns projetos dele próprio que, analisados pelo Senado, aguardam votação na Câmara há dez anos ou mais.

Entre eles, o que autoriza a instalação de colégios militares em Rio Branco (AC) e em Boa Vista (RR).

Outro, é o que cria o Fundo de Assistência à Aviação Regional.

Na Câmara desde 2002, essa proposta prevê que um percentual das taxas aeroportuárias já pagas à Infraero constitua esse fundo para que, especialmente os moradores da região Norte, não fiquem reféns do duopólio instituído pelas duas maiores companhias aéreas do país.

“O Brasil fabrica aviões da Embraer que são vendidos para os Estados Unidos, para o Canadá, para o mundo todo, voltados para a aviação regional.

E não vende aqui no país, porque não tem incentivo, não tem nenhum tipo de vantagem e nem ninguém, nenhuma empresa pequena tem condições de arcar com isso sem ter incentivo”, declarou.

Mozarildo citou outros projetos que aguardam votação na Câmara, como o que altera a composição do Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus, o que eleva para 60 salários-mínimos o valor das ações de competência dos juizados especiais e o que institui o Programa Fronteira Agrícola Norte.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Waldemir Barreto/Agência Senado