Mozarildo lembra no Senado os 53 anos da morte de Getúlio Vargas

PTB Notícias 24/08/2007, 12:16


O senador Mozarildo Cavalcanti, do PTB de Roraima lembrou, em discurso no Plenário, que na última sexta-feira (24/8) completaram-se 53 anos da morte do presidente Getúlio Vargas.

O senador sugeriu uma visita ao site do Partido Trabalhista Brasileiro ( (http://www.

ptb.

org.

br/) http://www.

ptb.

org.

br), partido que foi fundado por Getúlio.

No site há um detalhado histórico da vida do presidente da República que se suicidou com um tiro no peito, em 1954.

Em homenagem a Getúlio, o senador pediu que as pessoas se filiem ao PTB e ajudem o partido a ser novamente “o grande partido do povo brasileiro”.

Mozarildo informou que o PTB fará, de 1º a 14 de setembro, uma grande campanha de filiação.

O texto do site, lido por Mozarildo em Plenário nesta sexta-feira, destaca momentos relevantes da longa trajetória pública de Getúlio Vargas.

Também lembra que Getúlio Vargas foi presidente por quase 20 anos e até hoje é lembrado como “o pai dos humildes”.

Como presidente, Getúlio instalou no país um projeto de desenvolvimento que buscava a autonomia nacional em um processo de modernização urbano-industrial, de acordo com o texto lido pelo senador.

Mozarildo destacou ainda que Getúlio Vargas tornou universal o voto no Brasil e criou estatais como a Petrobras, a Eletrobrás, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDE), a Vale do Rio Doce e a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN).

– Getúlio Vargas colocou sempre os objetivos nacionais acima de seus interesses particulares ou regionais – disse o senador.

Mozarildo leu ainda a carta-testamento que Vargas deixou quando se matou e que termina com a frase “serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade e saio da vida para entrar na História.

“fonte: Agência Senado