Mozarildo: o combate à corrupção é a causa mais importante dos protestos

PTB Notícias 25/06/2013, 17:10


Em discurso no plenário nesta terça-feira (25/6/2013), o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) disse que está “muito feliz” com as manifestações populares por todo o país e, em especial, no seu estado, Roraima, onde houve quatro protestos em uma semana.

O parlamentar se disse “incentivado” pelo movimento que tomou as ruas e manifestou a sua concordância com todas as bandeiras de luta, mas ressaltou que a principal é o combate à corrupção.

“A corrupção é a mãe de todos esses males.

Por que falta dinheiro para a saúde, a educação e a segurança? Porque o ralo da corrupção no Brasil leva de 40% a 50% dos recursos púbicos”, disse.

Nesse sentido, o senador manifestou apoio à ideia de uma “lei severa” sobre a corrupção.

Mozarildo, no entanto, argumentou que discutir somente a reforma política, com sugestão de plebiscito ou nova Constituinte, é desviar o foco das reivindicações do povo.

“Nós parlamentares também temos que absorver esse clamor das ruas.

Se não formos à causa, não adianta tratar os males periféricos porque o mal central vai permanecer”, afirmou.

Para reforçar seu argumento, o senador citou dado da Controladoria Geral da União (CGU) que revela que, em quatro anos, foram desviados cerca de R$ 500 milhões, só da Fundação Nacional de Saúde (FNS).

“E não se modifica o modo de gestão, a fiscalização”, lamentou.

Mozarildo Cavalcanti ainda defendeu a rejeição da PEC 37, como pedem os manifestantes, para garantir ao Ministério Público o poder de investigação e mais um instrumento contra a corrupção.

“Porque quanto mais órgãos investigarem, melhor.

Menos chance de corrupção”, argumentou.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Lia de Paula/Agência Senado