Mozarildo pede participação da população em nova marcha contra corrupção

PTB Notícias 11/10/2011, 14:48


A segunda edição da marcha contra a corrupção, prevista para ocorrer em todo o país no feriado de 12 de outubro, nesta quarta-feira, foi elogiada pelo senador Mozarildo Cavalcanti, do PTB de Roraima, em Plenário nesta segunda-feira (10/10/2011).

Para o petebista, a iniciativa é louvável principalmente por estar “brotando das instituições sociais”, sem ser partidária ou relacionada a alguma “sigla”.

Mozarildo conclamou todos a participarem da campanha contra a corrupção, alegando que a prática não pode ser aceita ou considerada normal pela população.

“A corrupção alimenta a miséria de muitos e a riqueza de poucos.

É a grande responsável por termos uma péssima saúde, uma educação sofrível e termos uma segurança muito ruim, de norte a sul, leste a oeste deste país.

É fundamental que nós todos a combatamos.

E digo todos mesmo, desde o mais simples cidadão até aqueles que têm mandato eletivo, seja de vereador, deputado ou senador.

Todos deveriam se envolver para, de fato, passar a limpo esse país”, afirmou.

O parlamentar também prestou homenagem à presidente Dilma Rousseff que, segundo ele, tem adotado uma postura de não tolerar corrupção em seu governo.

A presidente, observou, age corretamente ao afastar dos cargos suspeitos de irregularidades na administração pública.

O senador por Roraima defendeu ainda que os envolvidos em atos de corrupção sejam punidos de acordo com as leis.

Mozarildo Cavalcanti lamentou, no entanto, a posição de eleitores que, em pesquisas realizadas no país, admitem que votariam em um político que lhes prestasse um favor.

Segundo ele, essa prática ajudaria maus políticos a se elegerem, contribuindo para aumentar a corrupção.

O senador alertou ainda que a cidadania é ensinada desde a infância, por exemplo, quando o pai não admite, por exemplo, que um filho chegue em casa com objetos de outra pessoa ou que fure a fila para comprar lanche na escola.

“Não podemos aceitar que é assim mesmo e que todo mundo faz.

Corrupção não é comum, nem todo mundo faz.

É uma minoria que faz, mas uma minoria ativa e organizada, que manipula para que as coisas feitas desta forma sejam aceitas como normais”, alertou.

TV Senado no NorteMozarildo também comemorou a iniciativa do Senado de formar parcerias com as Assembleias Legislativas dos estados da região Norte, como Roraima, para oferecer à população desses estados a transmissão da TV e da Rádio Senado e da TV da Assembleia local em sinal digital aberto.

Segundo o senador, a transmissão das TVs legislativas é uma importante contribuição para a população, que pode acompanhar de perto o que ocorre nessas Casas.

O registro foi reforçado pelo senador Geovani Borges, do PMDB do Amapá, que também considerou a iniciativa importante para seu estado, o Amapá.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Waldemir Barreto/Agência Senado