Mozarildo pede reajuste nas tabelas de serviços médicos pagos pelo SUS

PTB Notícias 6/09/2007, 18:01


O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) considerou “uma imoralidade” os preços que o governo paga pelos serviços de médicos de hospitais conveniados do Sistema Único de Saúde (SUS) e pediu que o presidente da República e o ministro da Saúde examinem a situação com urgência.

– Como é que um médico por receber apenas dois reais por uma consulta? É claro que isso leva a uma situação deprimente – o médico trabalha mal e os pacientes são mal atendidos – afirmou o senador petebista.

Mozarildo pediu ainda que o governo faça “uma revisão completa do SUS, que é muito bom no papel”, mas não na prática.

Observou que os preços pagos pelo SUS estão levando os hospitais ao sucateamento.

O senador informou que o Conselho Regional de Medicina de Roraima inaugurou sede própria nesta semana.

Mozarildo, que é médico, foi o segundo presidente do Conselho de Roraima.

Lembrou que o senador Augusto Botelho (PT-RR), outro médico, também já foi presidente do Conselho Regional de Medicina de seu estado.

Mozarildo Cavalcanti pediu que fosse transcrita nos Anais do Senado entrevista concedida pela atual presidente do Conselho, Niete Lago, sob o título “Médicos reclamam de baixa remuneração”.

O senador foi cumprimentado pela senadora Rosalba Ciarlini (DEM-RN), também médica.

fonte: Agência Senado