Mozarildo propõe criação de força-tarefa para investigar irregularidades

PTB Notícias 4/11/2014, 16:45


Em pronunciamento em plenário na segunda-feira (4/11/2014), o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) pediu a criação de uma força-tarefa envolvendo o Tribunal de Contas da União (TCU) e o Tribunal de Contas do Estado de Roraima (TCE-RR); o Ministério Público Federal e do Estado; e a Controladoria-Geral da União para identificar os responsáveis por desvio de dinheiro público no governo estadual e providenciar a punição dos culpados.

Ele lembrou que Roraima é o Estado que mais recebe dinheiro do governo federal, proporcionalmente ao número de habitantes.

Mesmo assim, segundo o parlamentar, os serviços de saúde, educação e segurança são de péssima qualidade, o que justifica os índices ruins nesses setores e evidencia o descaso do governador do Estado com o dinheiro público.

Na saúde, exemplificou o petebista, o Hospital Geral e a Maternidade de Boa Vista não funcionam adequadamente.

Decretada situação de calamidade pública no setor, o Estado recebeu recursos adicionais, dos quais R$ 17 milhões foram desviados no período da campanha eleitoral, segundo o Tribunal de Contas de Roraima.

Na educação, a situação não é diferente, segundo afirmou Mozarildo.

E na segurança, acrescentou ele, o governador preferiu alugar carros para a polícia fazer rondas nos bairros a providenciar o conserto das viaturas paradas por falta de manutenção.

“Não pode mais a gente conviver com essa história de que alguém faz, sai do governo, eleito ou não, fica por isso mesmo e as coisas pouco acontecem.

O Brasil quer mudanças e essas mudanças têm que começar pela prática administrativa correta, pelo combate intenso à corrupção”, afirmou.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Jefferson Rudy/Agência Senado