Mozarildo propõe mudanças na composição do Conselho de Ética do Senado

PTB Notícias 29/06/2007, 13:12


Ao se declarar nesta sexta-feira, 29, preocupado com a situação que vive o Senado, o senador Mozarildo Cavalcanti, do PTB de Roraima, apresentou projeto de resolução que objetiva alterar o formato do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, a fim de garantir a maior isenção possível nas investigações e evitar a possibilidade de favorecimentos políticos.

Pelo projeto, todos os partidos que tiverem eleito três senadores terão o direito a indicar um titular e um suplente para o Conselho de Ética, explicou o senador.

Assim, todos os partidos que preencham esse requisito terão representação igual no colegiado.

O senador Mozarildo Cavalcanti também afirmou, da tribuna do Senado, que a Maçonaria continua a ser um exemplo para os brasileiros pelo trabalho sério e honesto que desenvolve, contribuindo para que o país seja, realmente, “democrático, fraterno e igualitário”.

Para o senador, que é maçom, a Maçonariavem-se adaptando aos novos tempos,interagindo, cada vez mais, com a sociedade.

Mozarildo destacou o trabalho social da instituição, mas defendeu que esse trabalho tenha maior divulgação para que a população saiba o que realmente a Maçonaria vem fazendo em benefício da sociedade.

– A Maçonaria não é uma sociedade secreta, mas discreta – afirmou Mozarildo, ao lembrar que a instituição foi peça chave na luta pela independência do Brasil.

O senador fez também um relato histórico do surgimento, do crescimento e da influência política e cultural da Maçonaria no Brasil.

Em aparte, o senador Tião Viana (PT-AC) enalteceu o discurso de Mozarildo, afirmando que a Maçonaria é uma instituição fraterna, que tem como princípios básicos a defesa da democracia e do civismo.

fonte: Agência Senado