Mozarildo ressalta importância de audiência sobre a Raposa Serra do Sol

PTB Notícias 22/11/2007, 8:00


O senador Mozarildo Cavalcanti, do PTB de Roraima, elogiou a realização de audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), nesta quarta-feira (21/11), para debater a situação da demarcação da reserva indígena Raposa Serra do Sol.

Ele disse que foi uma oportunidade para os representantes de Roraima demonstrarem sua angústia com a demarcação da 36ª reserva indígena localizada no estado.

Ele informou que 47% do território roraimense já é ocupado hoje por reservas indígenas.

– O mais importante foi levar para a CRE um aspecto que não era considerado até então: a reserva Raposa Serra do Sol está em uma área de fronteira, em uma região de conflito.

A Venezuela não reconhece um pedaço do território da Guiana que faz fronteira com a reserva.

Estamos debatendo a questão do ponto de vista nacional, mas também queremos analisar o aspecto humano – afirmou Mozarildo.

Segundo o senador por Roraima, das 458 propriedades identificadas pela Fundação Nacional do Índio (Funai), apenas 198 foram indenizadas e, destas, apenas 131 dos seus proprietários receberam algum documento do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) atestando que terão direito a uma nova terra.

ComitivaO senador Papaléo Paes (PSDB-AP), que presidia a sessão, registrou a presença em Plenário do vice-governador de Roraima, José de Anchieta Júnior, do deputado federal Márcio Junqueira (DEM-RR) e de deputados da Assembléia Legislativa daquele estado.

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) destacou que a comitiva participou, junto com o governador Ottomar Pinto, da audiência pública na CRE.

fonte: Agência Senado