Mudança na área da Fazenda do Arado é tema de projeto de Professor Wambert

PTB Notícias 26/11/2020, 11:26


Imagem

A Câmara Municipal de Porto Alegre realizou na noite de quarta-feira (25) Audiência Pública para debater o Projeto de Lei Complementar nº 16/20 que altera limites previstos no Plano Diretor. A proposta trata de uma área de 426 hectares conhecida como Fazenda do Arado, localizada na Zona Sul da Cidade. A extensão particular está localizada em uma área rural vizinha ao núcleo urbanizado do Bairro Belém Novo. Com a mudança proposta no projeto, caso aprovado, a área passará a ser caracterizada como urbana e poderá receber construções. O projeto é de autoria do vereador Professor Wambert (PTB-RS) e visa a recuperação da redação da Lei nº 780/2015.

A sessão, realizada virtualmente, foi aberta pelo presidente do Legislativo, vereador Reginaldo Pujol, e coordenada pelo diretor Legislativo, Luiz Afonso Peres. Em seguida, o autor do projeto fez uma breve explanação destacando de como esse tema chegou até seu gabinete. “Através da síndica do residencial da Lomba do Pinheiro que questionou porque faltava tanta água na região e então expedimos um pedido de providência para o Executivo e lá ficamos conhecendo melhor a situação da área”, explicou Wambert.

Lá o vereador ficou sabendo do projeto original da Ponta do Arado, que remete ao empreendimento no local, e foi pesquisar sobre a proposta que apresenta uma grande contrapartida onde possui uma reserva florestal enorme e que criará um espaço para escola, uma nova via, passando pelo empreendimento com mais de 70 metros. E a principal delas a estação de água. “A doação apresenta uma economia de R$ 10 milhões, mas a estação de tratamento será feita com a doação do terreno”. Segundo ele, tudo isso já foi discutido na Câmara e os recursos estão na Caixa Econômica Federal. “Na época a lei teve seus efeitos suspensos porque nela havia um vício formal, e esse vício está sendo sanado hoje aqui nessa audiência pública, por isso a apresentação do projeto de lei novamente na Câmara para colocar novamente em discussão que vai trazer grandes contrapartidas e melhorias para a nossa cidade”.

Pujol, ao encerrar, agradeceu a presença de todos dizendo que o Legislativo, ao realizar a audiência, cumpre com seu dever. “Ouvimos todos de forma democrática, sem interferência”. No final agradeceu a participação de todos.

Com informações da Câmara dos Vereadores de Porto Alegre