Município de Itajubá vai receber Piso Mineiro de Assistência Social

PTB Notícias 12/01/2011, 13:33


O Prefeito de Itajubá, Jorge Reno Mouallen (PTB- MG), poderá contar em 2011 com Piso Mineiro de Assistência Social, repassado pelo Governo do Estado para incrementar e melhorar a qualidade das políticas sociais prestadas às famílias em situação de risco.

Em números, isto irá representar cerca de R$ 140 mil/ ano a mais para ser aplicado em novos projetos ou programas que já estejam em andamento para a população itajubense atendida pela Secretaria Municipal de Assistência Social.

O Piso Mineiro é iniciativa inédita no país e que também pode ser utilizado em situações de emergência, como por exemplo, em caso de calamidades.

Ele foi instituído em dezembro, pelo governador do Estado, Antônio Anastasia, em cerimônia realizada em Belo Horizonte, e que contou com a presença do prefeito Dr.

Jorge Renó Mouallem e da secretária de Assistência Social, Maria de Lourdes de Moraes Silva.

Agora, um plano de trabalho será encaminhado para a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social para apontar em quais projetos e ações o recurso será investido.

“Esta é uma grande notícia para nossa cidade, que irá receber mais recursos para possibilitar uma atenção maior e com mais qualidade para nossas famílias mais necessitadas do poder público”, declarou a secretária.

Segundo a Agência Minas, a assessoria de imprensa do governo do Estado, 25% dos municípios mineiros irão receber o recurso em 2011 e a meta é atingir 100% das cidades em 2012.

O que é? O Piso Mineiro de Assistência Social cofinancia as ações de assistência social, complementando os recursos repassados aos municípios pelo governo federal.

De acordo com a Agência Minas, o valor total destinado a cada município será calculado de acordo com o número de famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).

O cadastro identifica e caracteriza famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa ou de três salários mínimos no total.

Assim, os municípios irão receber R$ 2,20 do Governo do Estado e R$ 1,80 do governo federal, no total de R$ 4,00 por família, o que representa grande incremento nas políticas sociais, permitindo uma cobertura melhor para os serviços prestados.

O Governo de Minas já financia, em parceria com o governo federal, o custeio de CRAS em 100 municípios mineiros, unidades que funcionam como porta de entrada das pessoas em situação de risco na rede de proteção social básica.

Agência Trabalhista de Notícias com informações da Prefeitura de Itajubá (PB)