Mutirão promovido pelo prefeito Duciomar Costa reúne seis mil pessoas

PTB Notícias 28/08/2007, 14:54


Cerca de seis mil pessoas participaram no último final de semana do 3º Mutirão Popular, programa de cidadania da Prefeitura Municipal de Belém que se propõe a visitar os principais bairros da capital paraense com serviços nas áreas da saúde, educação, saneamento, meio ambiente, assistência social, cultura e trânsito, entre outros.

O evento aconteceu no bairro da Terra Firme, e foi marcado por atividades culturais, música, emissão de documentos, cortes de cabelo, educação ambiental, atendimentos médicos e inaugurações.

“Esta é uma escola que estava abandonada há 14 anos.

É uma grande alegria poder repassá-la, hoje, aos estudantes e aos moradores da Terra Firme completamente reformada, ampliada, com laboratório de informática, sala de leitura e uma quadra de esportes”, declarou o prefeito petebista Duciomar Costa, ao entregar à comunidade da Terra Firme a nova Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental Maria Stelina Valmont, localizada na Passagem Vitória, esquina com São Pedro.

Priscila Jeane da Silva Campos, 15, hoje na 8º série, conta que há cinco anos estuda na escola e se disse surpresa com as mudanças.

“Além da quadra de esportes, gostei muito do laboratório de informática.

Aqui vou aprender muitas coisas e me preparar para o mercado de trabalho, já que ficou impossível conseguir um emprego sem conhecimentos nessa área”, disse a estudante, que está entre os 1400 alunos beneficiados pela reforma, iniciada em julho deste ano.

As obras de revitalização incluíram pintura completa do prédio e da quadra esportiva, revisão da cobertura, com impermeabilização de calhas e recuperação do forro, revisão elétrica e hidráulica, com troca de chuveiros e torneiras, reparos nos portões e grades de ferro, elevação do muro em mais um metro e meio e ainda troca de piso nas salas da direção, secretaria e dos professores.

Também foi recuperada a pavimentação das áreas externas.

A Prefeitura investiu R$ 88.

347,95 nos trabalhos de recuperação.

Segundo a diretora Ronilsa Silva, alunos que tinham deixado a escola já estão retornando.

“Recebemos pedidos de retorno dos alunos, atraídos pelo laboratório de informática e pela sala de leitura, entre outras melhorias feitas pela Prefeitura”, revelou.

A escola também tem grandes talentos musicais e de capoeira, iniciados pelo professor Wilson de Paula.

A nova escola, onde já trabalhou a secretária municipal de Educação, Teresinha Gueiros, tem hoje doze salas de aula, quadra de esporte, biblioteca, cozinha, despensa, banheiros, área de recreação coberta, secretaria, diretoria, sala de professores e almoxarifado.

Além do Ensino Infantil e Fundamental, a escola oferece, no período noturno, Educação de Jovens e Adultos (EJA).

“Se fala muito em qualificação profissional, mas não há como vencermos ou pelo menos minimizarmos as desigualdades sociais sem a educação”, disse Terezinha Gueiros, para quem durante muitos anos a educação, em seus diversos aspectos, em especial quanto à infra-estrutura, esteve isolada, abandonada pelos antigos gestores de Belém e agora está sendo resgatada pela gestão do petebista Duciomar Costa.

Laboratórios, quadras de esportes e projetos especiais para atender os moradores das ilhas de Belém foram alguns dos investimentos de Duciomar Costa na educação elogiados pela secretária, para quem a infra-estrutura é a base principal da educação, somada à qualificação dos professores e alunos.