Na Alego, deputado Jovair Arantes fala sobre o projeto que cria o Proforte

PTB Notícias 18/03/2014, 16:22


O deputado federal Jovair Arantes (PTB-GO) realizou na segunda-feira (17/3/2014), no Auditório Solon Amaral, da Assembleia Legislativa de Goiás, um seminário sobre o projeto de lei que pretende criar o Programa de Fortalecimento dos Esportes Olímpicos (Proforte).

Fizeram parte da mesa de debates os deputados estaduais Henrique Arantes (PTB), Talles Barreto (PTB), Ney Nogueira (Solidariedade), Júlio da Retífica (PSDB) e o presidente da Agência Goiana de Esporte e Lazer (Agel), Ruy Rocha de Macedo.

O objetivo do seminário é debater os projetos de lei 5.

021/13 e 6.

753/13, que tramitam na Câmara Federal, com a participação de representantes dos clubes de futebol das séries A, B, C e D e de outras modalidades do esporte brasileiro para colher subsídios com vistas ao aprimoramento do texto.

Segundo Jovair Arantes, os clubes de futebol no Brasil estão com pendências tributárias muito grandes.

O parlamentar diz que cerca de 700 clubes no país precisam ser revitalizados e que, consta na Constituição, que é dever do Estado fomentar o esporte.

“Com os clubes revitalizados, nós vamos aportar mais de 30 mil empregos e mais do que isso, vamos ter uma formação social importante para a sociedade.

O clube que aderir ao programa deverá ter mais categorias olímpicas do que apenas o futebol, o que fomenta ainda mais a prática de esporte no Brasil e todos os benefícios à ela agregados”, salientou.

De acordo com ex-presidente do Goiás Esporte Clube João Bosco Luz, o importante é que seja oportunizado aos clubes o direito de quitar os seus débitos tributários, pois, segundo ele, vários segmentos já foram beneficiados com esse parcelamento, mas os clubes de futebol ainda não.

“Os clubes não querem isenção e nem o perdão de suas dívidas.

O que eles querem apenas e quitá-las”, enfatizou.

O deputado Henrique Arantes disse que os clubes querem pagar suas dívidas, mas é necessário que o pagamento seja viabilizado.

Segundo o parlamentar, se nada for feito, o futebol no país irá acabar.

“As pessoas não vão mais aos estádios e nem torcem mais para seus times.

Cada dia que passa vemos mais e mais pessoas torcendo para times de fora do país.

Está vexatório a situação do futebol brasileiro e a hora da mudança é agora, depois da Copa o governo vai alegar falta de dinheiro”, afirmou.

Talles Barreto afirmou que os clubes inadimplentes têm dificuldades para se reorganizar e para firmarem novas parcerias.

O presidente da Federação Goiana de Futebol, André Pitta, ressalta que o projeto beneficia os clubes do Brasil inteiro.

Júlio da Retifica lembrou que o a recuperação dos clubes brasileiros passa pela Câmara de Deputados e é preciso que os representantes da categoria se reúnam para cobrar e pressionar os deputados federais na hora de votarem o projeto.

O parlamentar Ney Nogueira, relembrando a época de jogador de futebol profissional, afirmou que o problema de endividamento dos clubes não é recente e que os clubes menores e de cidades do interior dos estados tem o desafio redobrado.

“O futebol brasileiro vive de extrativismo até hoje, agindo muitas vezes baseado na sorte, onde o jogador é profissional mas o seu clube não e vice-versa.

É preciso repensar as categorias de base e a Lei Pelé, que ajudam a afundar os clubes pequenos que investem desde cedo em novos jogadores, mas que depois são dispensados e ficam só com dívidas”, disse.

Por fim, o presidente da reunião, deputado Jovair Arantes, confirmou uma última reunião no próximo dia 02 de abril, em Brasília, que irá servir para dar os últimos retoques no projeto de lei, antes de sua apresentação na Câmara.

“Convido todos os presidente de clube e representantes do esporte em Goiás para irmos até a Câmara para pressionar o Senado a votar e aprovar o projeto com celeridade.

A própria Agel irá disponibilizar quatro ônibus para levar as pessoas interessadas”, concluiu Jovair.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Assembleia Legislativa de GoiásFoto: Carlos Costa/Alego