Na volta do recesso, Léo Moraes pede desenvolvimento e progresso de RO

PTB Notícias 5/08/2015, 7:54


Convidado a representar os parlamentares durante a sessão de reabertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa de Rondônia, na terça-feira (4/8/2015), o deputado Léo Moraes (PTB) enalteceu e parabenizou o trabalho dos colegas durante o primeiro semestre deste ano e destacou que, apesar do recesso, muitos permaneceram trabalhando.

Segundo Léo Moraes, o recesso foi de plenário e de tribuna, mas muitos deputados não deixaram de atender a pleitos e reclames da população.

“Sabemos que muitos permaneceram em suas bases eleitorais atendendo os clamores dos seus eleitores, e que não são poucos”, disse.

Direcionando sua fala ao governo do Estado, o trabalhista pediu desenvolvimento, progresso, equilíbrio e desejou que o Executivo mantenha austeridade e que consiga executar as suas ações de punho cerrado pois, segundo Moraes, a crise econômica é uma realidade nacional.

“Cito como exemplo o que aconteceu no Rio Grande do Sul, onde os proventos dos servidores tiveram que ser divididos, por isso precisamos trabalhar para não repetirmos situações como essas aqui em nosso Estado”, alertou o parlamentar.

Porém, disse considerar o governador Confúcio Moura (PMDB) uma pessoa empreendedora e que oxigena novas ideias para atender as demandas de Rondônia.

O deputado disse que a Assembleia Legislativa deve manter sua independência e autonomia e que nenhum deputado, independentemente de bandeira partidária, se furtará em cumprir com o ofício de fiscalizar as atitudes do Poder Executivo.

“Essa Casa de Leis é uma caixa de ressonância de todos esses anseios e através desse mosaico posso afirmar o orgulho que tenho de participar dessa legislatura onde temos deputados com conhecimento de causa em várias áreas, seja rural, no sindicalismo, saúde, Polícia Militar e em cada município da nossa Rondônia”, enfatizou.

Léo Moraes destacou a importância da autonomia dos poderes e disse sugerir a discussão sugestiva, o debate respeitoso priorizando atender e solucionar problemas que assolam o Estado, que, segundo ele, vem crescendo como a China.

E para acompanhar o desenvolvimento de Rondônia, Léo Moraes citou que o Estado precisa fazer parte da agenda nacional e que os representantes estaduais possam ser ouvidos constantemente pelos deputados federais.

O trabalhista finalizou agradecendo a honra ao falar em nome dos deputados e afirmou que “a Casa está vigilante, afinal, o mandato é passageiro, mas a nossa atitude é o que permanece, e o legado quem há de reconhecer é a geração futura”.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Assembleia Legislativa de Rondônia Foto: José Hilde/ALE-RO