Nelson Marquezelli apresenta requerimento para criar CPI do Banespa

PTB Notícias 5/03/2011, 8:35


O deputado federal Nelson Marquezelli (PTB-SP) apresentou na última quinta-feira, 3 de março, na Câmara Federal, em Brasília, novo requerimento de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a privatização do Banespa.

O número de assinaturas recolhidas é bem superior ao exigido: 171.

A partir de agora, os banespianos aguardam a votação do requerimento para que sejam indicados pelos partidos os membros que poderão compor a CPI, sendo que há limite de cinco CPIs simultâneas na Câmara e, atualmente, existe apenas uma solicitação à frente do pedido de Marquezelli.

Um dos focos da CPI será a operação que autorizou a liberação de títulos inegociáveis – reservados pela Resolução 118/97 do Senado – que serviam de seguro financeiro das aposentadorias do pessoal pré-75 do Banespa e foram entregues ilegalmente ao Santander.

Entre 2001 e 2006, cerca de 16 mil aposentados e pensionistas tiveram a complementação de seus benefícios congelada.

No mesmo momento, no entanto, os títulos emitidos para pagar a dívida do Estado com o Banespa foram liberados para fazer parte dos ativos do Santander.

Segundo o diretor da Afubesp e integrante da Comissão Nacional de Aposentados do Banespa (CNAB), Sergio Zancopé, a CPI será mais uma iniciativa para fazer o Santander respeitar os acordos.

“O trâmite da CPI tem nuances políticas e vamos acompanhar para que nossas reivindicações façam parte dos trabalhos de investigação”, diz.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal do Sindicato dos Bancários