Nelson Marquezelli participa de 100ª Conferência Internacional do Trabalho

PTB Notícias 17/06/2011, 15:05


Representantes de mais de 180 países estiveram presentes na 100ª Conferência Internacional do Trabalho, em Genebra, na Suíça.

O deputado Nelson Marquezelli (PTB) foi designado pelo presidente da Câmara dos Deputados, deputado Marco Maia, para representar a Casa.

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) pretende aprovar uma convenção e recomendações para trabalhadores domésticos.

O diretor-geral da OIT, Juan Somavia, vê no evento o momento ideal para discutir o papel do trabalho e acredita na importância do diálogo social para o melhor desenvolvimento da sociedade.

“O mundo enfrenta um sério desafio de justiça social.

Nesta centésima Conferência, governos e delegações de empregadores e trabalhadores irão considerar como eles, representantes da economia real, vão enfrentar esse desafio”, disse Somavia.

Os temas prioritários da conferência deste ano são o trabalho doméstico, trabalho decente, inspeção do trabalho, igualdade no mercado de trabalho e proteção social.

Uma convenção e uma recomendação deverão ser adotadas durante a discussão do trabalho doméstico.

Segundo a OIT, foram aprovadas mais de 180 convenções do trabalho e mais de 170 recomendações nessas 100 conferências internacionais já realizadas e, até o final de 2010, foram constatadas mais de 7000 ratificações feitas pelos 183 países que participam do encontro anual da OIT.

Brasil na conferênciaO Brasil faz parte Grupo de Trabalho da América Latina – Grulac, em que se reúne com Argentina, Venezuela, Chile e México, além de países do Caribe.

Juntos, irão traçar estratégias para a construção das normas da Convenção e Recomendação para os trabalhadores domésticos.

A necessidade de normas internacionais que protejam os direitos humanos dos trabalhadores domésticos é um dos pontos defendidos pela delegação brasileira.

Esses trabalhadores muitas vezes sofrem agressões físicas e morais em seus trabalhos.

A América Latina possui cerca de 14 milhões de trabalhadores domésticos, e 7 milhões deles trabalham no Brasil.

Agência Trabalhista de Notícias, (IS) com informações da Assessoria do deputado Nelson Marquezelli