Nelson Marquezelli quer aumentar garantias de trabalhadores domésticos

PTB Notícias 28/06/2011, 7:29


A Organização Internacional do Trabalho (OIT) acaba de aprovar uma convenção estabelecendo normas internacionais para assegurar e ampliar os direitos trabalhistas de cerca de 53 milhões de trabalhadores domésticos no mundo.

No Brasil, dos 7,2 milhões de empregados domésticos, apenas 29% têm carteira assinada.

O deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP), que foi a Genebra como representante da Câmara Federal, comentou o assunto.

“A preocupação é que todos aqueles que trabalham na área doméstica tenham uma remuneração melhor.

Lá em Genebra eu notei que essa é também a preocupação do mundo.

É necessário que os trabalhadores domésticos tenham mais garantias, não só de saúde e aposentadoria, mas tenham uma convivência digna no seu trabalho”, afirmou o Deputado do PTB.

Marquezelli revelou que uma das maiores preocupações do Governo Brasileiro é fazer com que cresça o número de trabalhadores com carteira assinada, para assim saírem da informalidade.

“Temos que trabalhar para que os descontos no INSS sejam menores para que possa ser um atrativo a contratação por carteira assinada”, disse o Parlamentar.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações da Agência Câmara