Nilton Capixaba discute com diretor-geral do Dnit situação da BR-429

PTB Notícias 19/09/2013, 6:44


Comerciantes e lideranças políticas e empresariais de São Miguel do Guaporé (RO) estão revoltados com o descaso do Dnit, que ignorou a cidade na pavimentação da BR-429, que corta o perímetro urbano, e obstruíram a rodovia desde terça-feira (17/9/2013).

O coordenador da bancada federal de Rondônia, deputado Nilton Capixaba (PTB), manteve audiência com o diretor-geral do Dnit, Jorge Ernesto Pinto Fraxe, em Brasília, na quarta-feira (18), para tratar do assunto.

A pavimentação da BR-429 é uma reivindicação de tempos dos moradores do Vale do Guaporé.

Após anos de luta ela está praticamente pavimentada.

A revolta dos moradores de São Miguel ocorre em razão de o asfalto ser concluído apenas até os dois extremos da cidade.

“Apesar de a rodovia cortar o perímetro urbano, o trecho foi excluído da pavimentação caracterizando discriminação com os moradores”, disse Capixaba.

O diretor do Dnit garantiu ao deputado do PTB que a construtora (Fidens) tem o prazo até o próximo dia 27 (já foi notificada) para iniciar a pavimentação do perímetro urbano de São Miguel.

Caso o trabalho não seja iniciado, “Fraxe irá acionar o Ministério Público Federal e a Polícia Federal”, explicou Capixaba.

O Dnit também está preparado, garantiu o parlamentar, para cancelar o contrato e realizar um contrato emergencial.

“O prazo até o dia 27 é em razão da necessidade do deslocamento de maquinário”, argumentou.

Nilton Capixaba discutiu na audiência com o diretor do Dnit a recuperação da BR-425, no trecho entre a BR-364 até Guajará-Mirim, que está intransitável, onde há apenas um lote licitado, e a situação da 364, que tem apenas o lote 2 (Cacoal a Ouro Preto do Oeste) sendo recuperado.

Os lotes 1, 3 e 4 e enfrentam problemas jurídicos.

“Isso significa que não teremos a restauração da BR-364 executada este ano, como prometeu o Dnit.

As chuvas estão chegando e mais uma vez Rondônia é prejudicada pela burocracia e a falta de cumprimento dos compromissos do governo federal”, conclui o deputado.

Na audiência com o diretor do Dnit, Nilton Capixaba esteve acompanhado do senador Ivo Cassol (PP-RO).

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do Portal Rondônia Dinâmica