Nilton Capixaba participa de reunião com presidente da Eletrobras de RO

PTB Notícias 26/07/2013, 9:41


Produtores rurais do município de Machadinho do Oeste estiveram na quinta-feira (25/7/2013) no auditório da Eletrobras Distribuição Rondônia reunidos com o presidente da empresa, Marcos Aurélio Madureira da Silva.

A reunião teve a participação de parte da bancada federal do estado, coordenada pelo deputado Nilton Capixaba (PTB).

A reivindicação dos produtores de diversas linhas rurais do interior de Machadinho do Oeste é a ampliação do programa do governo federal Luz para Todos.

A situação vem sendo empurrada com a barriga há tempo pela direção da Eletrobras em Rondônia.

Participaram da reunião cerca de 50 produtores rurais representantes de aproximadamente 500 famílias de Machadinho, que dependem do projeto Luz para Todos.

Há casos que o leite produzido nas linhas é transportado para os laticínios em galões, porque não há energia elétrica para manter o produto resfriado.

Capixaba disse que é inaceitável que um estado que produz energia elétrica para abastecer o Sul e Sudeste do país seja ignorado das suas prioridades energéticas.

“Como vamos industrializar nossa produção e fomentar a agricultura familiar sem energia elétrica no campo?”, questionou o deputado.

O programa de eletrificação rural do governo federal está em débito com Rondônia.

A situação de Machadinho é idêntica em vários outros municípios.

O Luz para Todos “é fundamental para o desenvolvimento sustentável do estado e merece maior atenção da Eletrobras, porque mantém as famílias no campo evitando o êxodo rural”, ponderou Capixaba.

O presidente da Eletrobras de Rondônia, Marcos Madureira, tentou argumentar sobre as dificuldades da companhia para poder atender a demanda, mas foi contestado pelos produtores e pelos políticos.

A previsão em Rondônia era de 40 mil ligações.

“Já foram efetuadas 73 mil”, afirmou Madureira, mas são necessárias pelo menos mais 13 mil ligações.

Ainda participaram da reunião o senador Ivo Cassol (PP) e os deputados federais Padre Ton (PT), Marinha Raupp (PMDB), Carlos Magno (PP) e Alcelmo de Jesus (PT).

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria do deputado Nilton Capixaba (PTB-RO)