No Dia Internacional da Mulher, Armando Monteiro homenageia mulheres pernambucanas

PTB Notícias 9/03/2017, 10:05


Imagem Crédito: Moreira Mariz/Agência Senado

No Dia Internacional da Mulher, comemorado na quarta-feira, 8 de março, o senador Armando Monteiro (PTB-PE) subiu à tribuna para homenagear duas mulheres que tiveram um papel fundamental na história de Pernambuco: Bárbara Alencar e Maria Amélia de Queiroz.

Maria Amélia foi uma importante abolicionista do estado de Pernambuco. Alfabetizou negros no estado após a abolição da escravatura, em 1888. Ensinou-os trabalhos manuais e técnicas que lhe ajudariam a encontrar trabalho e se manter quando o escravagismo foi proibido. Naquela época, já colaborava para jornais e disseminava pensamentos que hoje seriam compreendidos como feministas.

Bárbara Alencar atuou na Revolução Pernambucana de 1817 e da Confederação do Equador, em 1824. Casada com o comerciante português José Gonçalves do Santos e mãe de quatro filhos, a pernambucana nascida em Exu tinha como objetivo principal destruir a monarquia para ajudar na independência do Brasil.

— Nesta data eu não poderia deixar de saudar aqui bravas mulheres pernambucanas que deram um extraordinário contributo, cada uma a seu tempo, para que Pernambuco pudesse consolidar essa marca, que é a marca do pioneirismo, da altivez e do irredentismo que marca a identidade do povo pernambucano — disse.

Armando Monteiro ainda comemorou o bicentenário da Revolução Pernambucana de 1817 e defendeu a necessidade de, com o exemplo das mulheres, edificar uma sociedade mais justa que “possa de alguma maneira incorporar valores que a mulher brasileira tão bem encarna”.

Com informações da Agência Senado