Nota de pesar

PTB Notícias 17/06/2017, 13:04


Imagem

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1497718220882{margin-bottom: 0px !important;}”]O Partido Trabalhista Brasileiro recebeu com profundo pesar a notícia do falecimento do professor e líder trabalhista Roberto Francisco. Pai de Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, Roberto Francisco morreu aos 86 anos, neste sábado (17), em Petrópolis (RJ).

O partido perde muito com a morte do professor Roberto Francisco, que deixou sua marca ímpar de fidelidade partidária. Foi um homem de família, princípios, valores e de ideias arrojadas. Como todo bom líder, sabia lidar com as pessoas e com as questões políticas.

Com seus ensinamentos e suas reflexões, Roberto Francisco enriqueceu o Partido Trabalhista Brasileiro. Seremos eternamente gratos por isso, assim como somos pelo seu pai, Ibrahim Antônio Francisco, um dos fundadores e ex-vereadores do PTB, que também muito contribuiu com o fortalecimento do partido e da política brasileira.

O PTB lamenta profundamente e se solidariza com a família e os amigos de Roberto Francisco.

Biografia de Roberto Francisco

Filho do poeta Ibrahim Antônio Francisco (Buzico), Roberto Francisco nasceu em Anta, 2º distrito do município de Sapucaia (RJ), e cursou o Segundo Grau e o de técnico em Contabilidade no Colégio Werneck, educandário de renome em Petrópolis.

Seu pai Buzico, desde cedo, ensinou aos dez filhos, de quem Roberto é o mais velho, a arte da oratória e da poesia. E também incentivava a todos eles, em dias festivos, a se saudarem à mesa do café e a discursarem na escola e na rua, em honra à Bandeira e às datas cívicas. Casado com Dona Neusa, Roberto Francisco teve sete filhos carnais e 20 mil das salas de aula – registrado no MEC sob o número 30.249.

Roberto Francisco exerceu em Petrópolis, onde tem título de cidadão honorário, os cargos de vereador, secretário municipal e diretor do Senai; presidente, há mais de 30 anos, da União Brasileira de Trovadores, UBT, Delegacia de Petrópolis, membro das academias de Ciências, Educação e Poesia.

O professor Roberto Francisco dirigiu vários colégios e foi fundador e diretor do Educandário Professores Associados (EPA). Foi membro, por duas vezes, do Conselho Estadual de Educação.

Entre as obras publicadas, destacam-se Trovadores do Brasil (vol. II), Nossos Poetas (vols. I e II), Trabalhos Acadêmicos (vols. I, II, III e IV) e ainda em Matemática Industrial e Trigonometria Industrial (Senai). É autor do livro “Os Francisco na Poesia”. Escreveu nos jornais Tribuna, Diário de Petrópolis, Jornal de Cascatinha, Jornal dos Distritos, O Riopretano, A Sapucaia, Com Textos, Revista da Polícia Rodoviária Federal.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]