‘O retorno não é só na geração de emprego’, diz Anilton Freitas, de Lages

PTB Notícias 22/07/2013, 15:01


O presidente da Câmara de Lages (SC), vereador Anilton Freitas (PTB), participou na sexta-feira (19/7/2013) da assinatura do protocolo de intenções pelo governo do estado prevendo incentivos fiscais para o projeto de ampliação da fábrica catarinense da Companhia de Bebidas das Américas, Ambev.

Pelo acordo, o governo irá prorrogar o prazo de pagamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Em contrapartida, a empresa irá investir em novas linhas de produtos, e gerar empregos diretos no prazo de 12 meses contados da data de concessão do tratamento tributário diferenciado.

Irá, também, priorizar a aquisição de produtos e serviços de fornecedores sediados no estado e a dar prioridade para empregar pessoas residentes na região.

O investimento da empresa para aumentar a capacidade de produção será de R$ 140 milhões.

Com isso, serão gerados 130 novos empregos diretos e outros quase 500 indiretos.

“A produção aumentará em quase 20%, o que significa um forte viés de arrecadação de impostos para o município”, destacou o governador Raimundo Colombo.

Ambev é uma das maiores referências em arrecadação de impostos no Brasil e em Santa Catarina.

Em 2012, a Ambev foi responsável por R$ 668 milhões arrecadados em impostos no estado.

E em Lages não é diferente.

Segundo o prefeito Elizeu Mattos, 40% do ICMS arrecadado pelo município provem da Ambev.

E, ainda de acordo com o prefeito, novas parcerias devem surgir.

Para o vereador petebista Anilton Freitas, o retorno não é só na geração de emprego.

“A ampliação da empresa significa maior geração de renda, e isso significa desenvolvimento para a região.

“Desenvolvimento que na opinião da empresária Isabel Baggio, a fábrica já trouxe quando da sua instalação em 1994.

“A Ambev trouxe uma nova forma do empresariado se comportar, trabalhar com tecnologia, inovação e qualificação.

“Com a expansão, a unidade passará a produzir cerveja sem álcool e vai lançar também uma linha de garrafas retornáveis de 300 ml.

Um desafio para o gerente Fabril de Lages, Valdecir Duarte.

“Em 2012, a fábrica de Lages era a 6ª maior, agora com a ampliação, ocupará a quinta ou a quarta colocação.

Estamos em processo de terraplanagem e construção de galpões, depois vem a compra de equipamentos e montagem das linhas de produção”, revelou.

Atualmente, são produzidas na fábrica de Lages as cervejas Brahma, Skol, Skol 360, Antarctica, Antarctica Sub Zero, Bohemia, Original, Malzebier e Polar.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Câmara Municipal de LagesFoto: Divulgação