Oficina de Carnaval inédita é destaque em Batatais (SP)

PTB Notícias 13/02/2009, 11:02


Realizada pela Prefeitura de Batatais – administrada pelo petebista José Luis Romagnoli – por meio da Secretaria de Educação e Cultura e em parceria com a União das Escolas de Samba Batataenses, a Oficina de Carnaval reuniu crianças da comunidade das 6 agremiações carnavalescas.

As atividades tiveram início no dia 5 de fevereiro e terminaram na noite de quinta-feira, dia 12.

A cada dia da semana a Pesquisadora Cultural, Alessandra Baltazar, foi ao barracão de uma escola de samba da cidade desenvolver o trabalho artístico com as crianças.

A oficina consistiu da seguinte proposta: foram selecionadas do acervo fotográfico do museu, 6 fotos da escola de samba Stela em um desfile de 1987 e passadas para transparência.

Ao chegar nas escolas de samba, as crianças sortearam uma das fotos que então foi projetada através do retro-projetor em uma tela de 80 x 100 cm.

As crianças copiaram o contorno da imagem com lápis e formaram o desenho na tela.

Posteriormente eles realizaram a pintura com tinta acrílica de diversificadas cores produzidas com a mistura de bisnagas de tinta colorida e preencheram toda a tela sob a orientação de Alessandra.

As crianças tiveram liberdade na escolha da cor e na forma de pintar, sendo todas telas realmente produzidas em grupo e por elas.

Após a pintura, elas procuraram entre as sobras de material utilizado na própria escola, material reciclado para ser colocado na tela para dar um efeito mais voltado para a linguagem do carnaval como lantejoula, camafeu, brocal, plumas, penas, fitas metálicas, etc.

A comunidade batataense está convidada para a inauguração das telas nesta sexta-feira, dia 13 de fevereiro, às 20 horas, com a presença dos casais de mestre-sala e porta bandeira de cada escola e da bateria show da UESB.

Na inauguração será feita uma mostra de slides com os bastidores da produção de cada tela e entrega de certificado às escolas.

A exposição ficará no saguão da Estação Cultura Editor José Olympio até o dia 25 de fevereiro e depois seguirá uma exposição itinerante pelas escolas da cidade.

Agência Trabalhista de Notícias